The Walking Dead – Atriz que interpreta Lori fala sobre seu papel na 3ª temporada


Sarah Wayne Callies in MIPCOM 2010 Opening Night .

Sarah Wayne Callies in MIPCOM 2010 Opening Night . (Photo credit: Wikipedia)

A equipe do site Daily Dead conversou com Sarah Wayne Callies, atriz que interpreta a personagem Lori em The Walking Dead, sobre as consequências das mortes da segunda temporada, as filmagens na prisão, usar armas e matar zumbis:

Pergunta: Qual tem sido o maior desafio encontrado ao interpretar Lori nesta temporada?

Resposta: Acho que a gravidez é um deles. Sem entrar em muitos detalhes, existem alguns fatores físicos que estão ficando mais complicados e está um pouco mais difícil para eu relaxar. Atlanta não está tão quente neste verão, mas é como se eu dissesse que o inferno ficou três graus mais frio.

Um dos maiores desafios, pessoalmente, foi gravar sem Jeffrey DeMunn e Jon Bernthal. Foi muito difícil e eu sinto muito a falta deles.

Pergunta: Glen Mazzara mencionou anteriormente que esta temporada tem o ritmo de um trem. Com tantos novos personagens e histórias sendo introduzidos, a morte do Shane ainda é algo que afeta Lori, Carl e Rick, ou eles deixaram isso no passado?

Resposta: Eu não sei se algum dia eles superarão isso, mas não é algo sobre o qual nós necessariamente temos conversado. Lori e Rick não tem conversado sobre muitas coisas ultimamente.

A morte do Shane foi como uma bomba que explodiu sobre o casamento deles. Não somente porque ele morreu e isso era mais ou menos inevitável. De certa maneira foi uma história de sucesso: a mulher vê perigo para o seu marido, avisa-o, ele passa a tomar cuidado e salva a sua própria vida. É uma boa história, no fim. O marido admite que ele queria matar Shane. A esposa está preocupada que, defendendo-se, o marido tornou-se o monstro do qual ela queria salvá-lo.

É uma coisa realmente difícil de esquecer, em parte porque Rick e Lori têm tanto ódio de si mesmos, culpa e vergonha. Eu acho que Shane os persegue como um fantasma, mas ele não é constantemente o assunto das conversas.

Pergunta: Na segunda temporada você passou a maior parte do tempo em uma casa de verdade, e agora na terceira temporada você está numa prisão. Como tem sido a experiência de filmar nesse novo local, e qual dos dois você prefere?

Resposta: A prisão é brilhante. Houve um dia, na última temporada, em que eu e Andy [Andrew Lincoln] estávamos sentados em cadeiras de balanço na varanda da casa do Hershel enquanto o sol se punha. Houve momentos naquela fazenda que tiravam o fôlego por causa da beleza do local. Você está contando essa história muito triste sobre perda e dor, e me lembro de eu e Andy olhando um para o outro e falando “ano que vem, vamos pra prisão”.

A fazenda não era somente um personagem, mas algo que nos dava sustentação. Nós tivemos perdas massivas na última temporada e aquela fazenda e aquela beleza nos ajudou a restaurar nossa união. Foi uma grande transição para a prisão, por um lado existem luxurias, porque é climatizado e sombreado. Esta temporada é fisicamente mais fácil, mas é uma sensação muito diferente e eu sinto falta da fazenda. Eu realmente amo aquela fazenda.

Pergunta: Com perdas no fim da segunda temporada e novos personagens sendo apresentados na terceira, como isso mudou a relação de Lori com o resto grupo?

Resposta: Acho que você pode imaginar quem endureceu com ela. Quando vocês estão tão próximos, não é exatamente fácil manter segredos, então a morte do Shane não vai ser novidade por muito tempo… E provavelmente por que ele morreu. Não se esqueçam que a família Greene é profundamente cristã e nós estamos falando de uma mulher que teve um relacionamento extraconjugal e o marido dela matou o cara.

Acredito que há um grande questionamento na mente de Lori sobre como essa família irá reagir a isso. Algumas pessoas se afastam dela, outras se aproximam. É meio surpreendente a maneira como as relações estão se desenvolvendo.

Pergunta: Parece que há muito mais ação nesta temporada. Com a gravidez de Lori, você ainda faz parte dessa ação?

Resposta: Eu acho irônico que na temporada na qual eu estou grávida, eu matei mais do que em todas as outras temporadas juntas. Ela é uma mãe durona.

É um ponto de equilíbrio e a série sempre foi assim. Há episódios onde você conversa com as pessoas e realmente se conecta a elas, e então haverá episódios onde você não para de correr. Você vai pra casa todas as noites, toma um Advil¹, conta os seus machucados pela manhã e volta à ação.  Eu amo o equilíbrio nessa série.

Eu me lembro que quando gravamos aquele episódio ano passado com Carl quase morto, Andy veio até mim e disse “Me dê uma arma, me dê uma pilha de zumbis, e me deixe ir trabalhar…”

É muito divertido. Ponha um revólver na minha mão e me deixe atirar na cara de alguma coisa morta. Eu gosto muito disso. Eu comecei a ir para as aulas de tiro porque eu queria que parecesse que eu sabia o que eu estava fazendo. Eu acabei comprando o meu próprio revólver e isso foi ótimo.

Claramente existem alguns fãs que estão chorando por mais de um ou mais de outro. Eu acho que se você agradar cada grupo, você vai descobrir que eles gostam de equilíbrio também. Se você não se importa com quem as pessoas são, você não se importa se elas morrem.

Pergunta: A terceira temporada terá um número maior de episódios. Como isso ajudou a contar a história e na adaptação das grandes histórias dos quadrinhos?

Resposta: Em grande parte da terceira temporada, existem duas histórias sendo contadas. Há Rick e o seu grupo de sobreviventes, e então O Governador e o pessoal dele. Eles servem como contrapontos muito bons, e justamente quando você está familiarizado com Rick e seu grupo, você ganha essa nova perspectiva d’O Governador de como as coisas poderiam ter sido. Você ganha uma perspectiva dos prós e contras das decisões que ambos tem tomado.

Eu diria para não esperar que O Governador seja como o cara dos quadrinhos. Há muitos desvios interessantes e muitas coisas aterrorizantes. Eu li o roteiro e disse “Sério? Você está fazendo isso? Isso já é demais!”. Eu disse isso tantas vezes, e no final é simplesmente brilhante.

Fonte: Daily Dead

About these ads
  1. No trackbacks yet.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: